O impacto dos telhados verdes nas grandes cidades

As árvores possuem papel de destaque não só pela sombra proporcionada por sua copa, mas também com a absorção da radiação solar e a transpiração do vapor de água, reduzindo a temperatura na sua região.

Em alguns países como a frança já existem leis que exigem “telhados verdes” em novas construções para contribuir com a redução de temperatura e melhora na qualidade do ar das cidades.

foto: http://www.bonde.com.br

No Brasil, em recife os telhados verdes já são lei.  A lei municipal 18.111/2015, sancionada em meados de janeiro, obriga a construção de “telhados verdes” e de sistema de reaproveitamento de água da chuva em prédios construídos a partir de janeiro de 2015. A medida é válida para construções comerciais com lajes a partir de 400 m2 e para edifícios residenciais com ao menos quatro andares.

A ideia dos telhados tem ganhado força no mundo todo como uma alternativa para o aproveitamento maior de áreas destinadas a vegetação nos grandes centros urbanos.

Segundo um estudo elaborado pela Universidade de São Paulo (USP). Ao comparar dois prédios da capital paulista, um com área verde e outro com laje de concreto, o geógrafo Humberto Catuzzo verificou que a temperatura no topo do edifício com a cobertura verde ficou até 5,3 graus Celsius (°C) mais baixa. Também aumentou em 15,7% a umidade relativa do ar.

Imaginem só o impacto que causariam telhados verdes por toda a cidade?

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s